Meu Twitter

sexta-feira, 12 de maio de 2017

13 de Maio - No início de tudo

Vencedores por Cristo - Louvor X - Álbum Completo

quinta-feira, 11 de maio de 2017

12 de Maio - Por que devemos amar os nossos inimigos

quarta-feira, 10 de maio de 2017

POR QUE HOJE É O DIA DO MISSIONÁRIO?

Por que hoje é o dia do missionário?

Em 10 de Maio de 1855, chegaram ao Brasil os fundadores da Igreja Evangélica Congregacional. Como missionários desbravadores eles desembarcaram naquela data e pisaram em solo brasileiro pela primeira vez tendo aportado mais precisamente na cidade do Rio de Janeiro, passando assim a serem considerados o primeiro casal de missionários da Igreja Congregacional (que foi também a primeira igreja evangélica a se estabelecer permanentemente em terras brasileiras). Robert Reid Kalley era escocês e Sarah Poulton Kalley, inglesa. Posteriormente eles seriam também responsáveis pelo surgimento da Escola Dominical, que teve sua aula magna/inaugural realizada em 19 de agosto de 1855 na cidade de Petrópolis e pela implantação da primeira Igreja Evangélica em Língua Portuguesa que permanece até os dias atuais, a Igreja Evangélica Fluminense, fundada em 11 de julho de 1858. Por isso, o dia 10 de maio passou a ser considerado “O DIA DO MISSIONÁRIO”. Não se esqueça de comemorar!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

14 de Abril - Ore pela fama de Deus

FALANDO UM POUCO SOBRE CONGREGACIONALISMO

FALANDO UM POUCO SOBRE CONGREGACIONALISMO...

     * O congregacionalismo é o regime de governo eclesiástico conhecido onde cada congregação local é autônoma e independente. A igreja local possui autonomia para sua própria reflexão teológica, expansão missionária, relação com outras congregações e seleção de seu ministério. O congregacionalismo está baseado nos seguintes princípios:

Cada congregação de fiéis, unida pela adoração, observação dos sacramentos e disciplina cristã, é uma Igreja completa, não subordinada em sua administração a qualquer outra autoridade eclesiástica senão a de sua própria assembleia, que é a autoridade decisória final do governo de cada igreja local.

Não existe nenhuma outra organização ou entidade maior ou mais extensa do que uma Igreja local a quem pode ser dada prerrogativas eclesiásticas ou ser chamada de Igreja.

As igrejas locais estão em comunhão umas com as outras, são interdependentes e estão intercomprometidas no cumprimento de todos os deveres resultantes dessa comunhão. Por isso, se organizam em concílios, sínodos ou associações. Entretanto, essas organizações não são Igrejas, mas são formadas por elas e estão a serviço delas.

O congregacionalismo é o regime de governo mais comum em denominações como anabatistas, Igreja Batista, Discípulos de Cristo, Igreja de Cristo no Brasil e obviamente a própria denominação que deu nome ao termo: a Igreja Congregacional.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

12 de Fevereiro – A providência de Lincoln